quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

História do FC Alvaladense



Desde cedo e muito antes da fundaçao do Futebol Clube Alvaladense, a existencia de alguns grupos desportivos a praticar desporto era uma realidade em Alvalade. De acordo com vários relatos e documentaçao escrita e fotográfica existente na sede do Futebol Clube Alvaladense, já na década de quarenta existia a Sociedade Recreativa Alvaladense que tinha a sua sede no Largo da República, onde existe hoje o edifício de uma instituiçao bancária. 

Disputava os seus jogos no campo, já desaparecido do Porto Ferreira, localizado na margem direita do rio sado, logo a seguir a conhecida ponte dos arcos. Foi durante anos a única associaçao desportiva e recreativa em Alvalade. Pelo contrário a década de sessenta foi pródiga em "associativismo" desportivo ao nível do futebol tendo existido vários grupos em simultâneo. O "Sport Clube Alvaladense" (equipamento a Olhanense), "Os Verdes" (equipamento verde), "O Uniao" (equipamento preto) que mais tarde viria a equipar "Os Terrores", "Os Vermelhos" (equipamento vermelho) e "O Estrela Azul" (a equipar de azul). 

Nao dispondo de campos alternativos todas estas equipas, formadas por jovens de Alvalade disputavam os seus jogos no campo ainda hoje existente, o campo de jogos Custódio Alves. Nessa altura dá-se uma situaçao engraçada e nao menos curiosa. Necessitando o Estrela Azul do empréstimo do equipamento do "Sport" e tendo-lhe estes sido recusados resolveram entao "organizarem-se" e partir para a compra de um equipamento e formar um novo grupo. 

Da evoluçao desta conjuntura, digamos desportiva, viria a nascer já na segunda metade da década de sessenta, mais precisamente, 1966, a Associaçao Desportiva Alvaladense. Nao dispondo de sede própria e ainda em principio de actividade, reunia no café do "Xico", propriedade do Sr. Francisco Domingos Rosa. A sala de reunioes era chamada na altura o 8 (oito) por aí estar instalado o telefone da casa com esse número. 

Aí planeavam-se as actividades, jogava-se as cartas, combinavam-se os jogos e fazia-se a recolha dos "trocados " (na altura muito dinheiro) para pagar os equipamentos, incluindo as famosas botas de travessas, bolas e redes para as balizas, coisa que até aí nao havia. Um investimento de aproximadamente esc. 14.000$00, pagos com um adiantamento efectuado pelo Sr. Manuel Maria da Silva (mais conhecido pelo Manuel Vasco), proprietário de uma drogaria em Alvalade. A "Associaçao" desenvolveu a sua actividade durante cerca de dois anos (1966/68), tendo nesse período disputado muitos jogos, tanto na "Terra" como fora dela. 

Durante este período assiste-se a um certo domínio da Associaçao Desportiva Alvaladense e a um declínio cada vez mais acentuado das outras equipas, por falta ou capacidade de renovaçao dos seus jogadores muito por força, e aqui há que referir a mobilizaçao dos nossos jovens para a guerra colonial, impedindo-os de ficar ou pelo menos de regressar a casa ao fim de semana, para fazer aquilo que tanto gostavam, que era jogar futebol. Acompanhando já a algum tempo a conjuntura desportiva e os nossos jovens, é entao que se destaca a figura de um homem, engenheiro de profissao, o Sr. Fausto Cabral de Araújo. Pessoa culta e formada vai ter um papel preponderante na organizaçao definitiva da "Associaçao" que viria a ser o que é hoje "O Alvaladense". 

Com ele desenrola-se todo o processo burocrático de legalizaçao do Clube, elaboraçao e publicaçao de estatutos e adesao a Associaçao de Futebol de Setúbal, já entao denominado Futebol Clube Alvaladense. É nesta altura que surge também a pessoa do "Chefe" Guerreiro, ferroviário, chefe de estaçao, a desempenhar funçoes em Alvalade e que vai marcar para sempre o Futebol Clube Alvaladense. Vindo do Barreiro, onde residia e por fortes influencias do clube local, o Barreirense, onde também tinha assento nos órgaos sociais e por na altura ser um Clube a disputar o campeonato nacional da 1a divisao, parte-se para a filiaçao no Futebol Clube Barreirense. 

Diga-se de passagem que ainda se pensou na filiaçao no Vitória de Setúbal, mas o nosso vizinho e rival, o Vitória Ermidense, já era filiado no Vitória e logo se desistiu da ideia. A data de 19 de Dezembro de 1968 é considerada a data de fundaçao do Clube, os estatutos sao aprovados por despacho ministerial de 19 de Novembro de 1970 e reconhecidos e publicados pela Direcçao Geral da Educaçao Física, Desportos e Saúde Escolar em 19/03/71, por na data nao haver lugar a publicaçao em Diário do Governo a aprovaçao de estatutos de organismos desportivos. Assinaram os estatutos na condiçao de comissao organizadora Fausto de Cabral Araújo, Manuel da Lança Graça, José Raposo Nobre e José António de Sousa. Ainda hoje, felizmente o sr. Eng. Araújo, como é conhecido, continua sócio no 1 do "Alvaladense". 

A primeira época futebolística, federada foi a de 1971/72. Durante a década de 70, e princípios da década de 80 "O Alvaladense" sempre foi uma equipa temida, disputando várias vezes a subida ao escalao superior, nunca tendo conseguido tal feito, tendo no entanto contribuído bastante para a divulgaçao de Alvalade. Os jogos no Campo Custódio Alves eram autenticas finais e o numero de espectadores era muitas vezes superior ao que ainda hoje assistimos em muitos jogos de futebol. Era uma verdadeira febre de futebol, que com o tempo ... se esfumou. 

Não interessa agora aqui referir as causa, pois elas sao subejamente conhecidas de todos. Está na posse do F.C. Alvaladense a única taça de futebol da Câmara Municipal, conquistada em 1981, no Estádio Miróbriga, numa final frente ao Sport Abelense. Na sede poder-se-á ver também um vasto número de taças, trofeus e fotografias que marcam e relembram o passado histórico e futebolístico do Clube. Pelo meio ainda pôs em marcha uma equipa federada de juvenis em 1982/83, projecto de nao vingou e que nao se voltou a repetir.

A forma como evoluiu o futebol foi fatal para o vasto número de equipas que disputavam na nossa zona os campeonatos distritais, e que desapareceram do cenário futebolístico, podemos lembrar, além do Alvaladense, O Vitória, O Ermidense, O Lousalense, O Sao Domingos, O Abelense, Os Fixes e o Uniao, estas duas últimas do Cercal. Nao conseguindo contrariar esta corrente "assassina" também o Futebol Clube Alvaladense, deixa o futebol no final da época de 1984/85. Volta em 1995, depois de um interregno de aproximadamente 10 anos, para disputar o campeonato distrital do Inatel, onde se manteve durante 4 épocas. 

Deixa de novo o futebol em 1999, mantendo-se ainda fora do panorama até aos dias de hoje.No que se refere a actividade desportiva, o Futebol Clube Alvaladense, organizou durante mais de década e meia, os famosos e conhecidos torneios de futebol de salao, que com o tempo e apesar do esforço que se fez em 1997, último ano em que organizou, irremediavelmente ficaram por aí. Presentemente o Clube conta com uma equipa de btt, nao competitiva, organiza anualmente dois passeios, que tem tido bastante sucesso. Aqui há que realçar a "clássica" Alvalade - Porto Côvo, realizada todos os anos no primeiro fim de semana de Junho. 

Participou na taça do mundo de btt na classe de promoçao que se realizou em Silves a 18 de Abril de 1998. Neste momento o Clube está a desenvolver um projecto desportivo destinado as crianças do 1o ciclo e conta com uma classe de ginástica / saltos de trampolim e uma equipa de mini-basket. Este projecto está em fase de arranque mas esperamos conseguir meios para que se proporcione a estas crianças um espaço muito importante e que ao longo dos anos teimou em existir. 

O Futebol Clube Alvaladense, tem a sua sede na Rua da Juventude, lote 2, dispõe de sala de convivio, com os tradicionais jogos de cartas, poker, damas, equipada com bilhar e snooker, secretaria, biblioteca e instalações sanitárioas nos 2 pisos, incluindo instalações para deficientes e ginásio. A tudo juntamos o polidesportivo ao ar livre com excelentes dimensões (40x20 mt.). O Clube conta neste momento com 360 sócios. Contribua para aumentar este número. Faça-se sócio do Futebol Clube Alvaladense. Esperamos pela sua visita.


http://www.fc-alvaladense.pt
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...