sábado, 13 de outubro de 2012

Inglaterra: Hodgson apanhado no Metro em revelação indiscreta



Roy Hodgson revelou a um passageiro do Metro de Londres que não ia convocar Rio Ferdinand. O selecionador de Inglaterra fez a revelação numa conversa informal, na véspera de anunciar os convocados, e veio tudo a público, inclusivamente com a informação de que teria dito que a carreira internacional do defesa do Manchester United estava acabada.

Para começar, uma novidade. Roy Hodgson não anda com motorista, nem sequer se desloca necessariamente de carro. Para se dirigir ao Emirates Stadium, onde ia assistir ao encontro da Liga dos Campeões entre o Arsenal e o Olympiakos, fez como a generalidade dos cidadãos londrinos e foi de Metro. E, pelos vistos, até se entreteve à conversa com os companheiros de viagem. E aí é que a coisa se complicou.

Tornada pública a sua indiscrição, o selecionador apressou-se a pedir desculpas a Ferdinand, que está há muito longe da seleção, mas cujo regresso chegou a ser admitido face ao adeus de Terry, com quem Ferdinand mantinha um diferendo desde o incidente de racismo entre o central do Chelsea e o seu irmão, Anton Ferdinand.

«Tentei contactar o Rio hoje. Estou desiludido por uma conversa informa ter sido relatada assim. Não disse que a carreira do Rio estava acabada. Talvez tenha admitido, o que foi tonto, admito, e devo responsabilizar-me, que não ia inclui-lo na equipa», disse o treinador.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos ...